Abordagem

Nosso objetivo engloba três áreas: a modelização numérica, as experiências no mar e as sessões de formação do pessoal.

  1. Modelização de hidrocarbonetos e das barreiras

    Uma abordagem de modelização de alta resolução foi utilizada, incluindo:

    • Um modelo hidrodinâmico 3D (MOHID);
    • Um modelo de dispersão de poluentes (MOHID);
    • Um modelo de ondas (WW3);
    • Um modelo 3D de elementos finitos das barreiras flutuantes tipicamente utilizadas em zonas costeiras (BAR3D);
    • Uma interface OPEN-MI para conectar os modelos acima.

     
    A originalidade dessa abordagem consiste na utilização de um modelo hidrodinâmico em pequena escala (100m) para forçar uma barreira 3D sob condições reais. Este sistema de modelização numérica poderá ser utilizado pelos agentes locais para selecionar de maneira mais eficaz a posição das barragens.

  2. Implantação de barragens no mar

    A modelização nos possibilita testar diferentes cenários numéricos, que serão enriquecidos por testes práticos. Para o projeto ISDAMP, três testes são previstos nos arredores de:

    • Lisboa;
    • Falmouth (Conrwall, UK);
    • La Rochelle – Rochefort.

     
    Esses testes locais possibilitarão uma melhor avaliação e compreensão das limitações práticas ligadas à implantação de barragens antipoluição.

  3. Formação do pessoal

  4. Durante o projeto, algumas oficinas para a formação do pessoal serão propostas. Elas serão anunciadas na seção de Eventos.